Banco Bradesco: Como conviver com o desemprego? Dicas para equilibrar as finanças, as emoções e superar esse desafio

Banco Bradesco: Como conviver com o desemprego? Dicas para equilibrar as finanças, as emoções e superar esse desafio

Image: 
Chamber Member News Post Date: 02/16/17 Source: Banco Bradesco By: Banco Bradesco
Summary

Ser desligado do emprego e manter as finanças equilibradas pode ser um grande desafio, principalmente quando acontece de modo inesperado. Mas, com foco e organização, é possível cortar gastos desnecessários, rever o que é prioridade e ainda sair fortalecido dessa fase.

Despesas em dia:

Um grande problema de ficar sem rendimento é não ter previsão de quanto tempo essa fase vai durar. Pode ser que você fique fora do mercado de trabalho dias, semanas ou até por muitos meses. Então, o negócio é enxugar os gastos pensando no pior cenário.

- Esteja preparado para ficar um período longo sem rendimento, como 1 ano
- Faça cortes profundos no orçamento. Mantenha apenas o que for essencial
- Reúna a família e deixe todos a par do que está acontecendo e da estratégia para os próximos meses. O sucesso depende do engajamento de todos
- Se tiver uma reserva de emergência, esqueça que ela existe. Esse dinheiro deve ser usado apenas quando você não tiver mais nenhuma opção

Emoções equilibradas:

Manter a autoestima durante um período de desemprego pode ser um desafio, mas é possível. Lembre-se de que você é muito mais que um emprego e que tudo na vida tem um lado bom – até os momentos mais difíceis. Enquanto o novo emprego não aparece:

- Coloque seu perfil no Linkedin, fale com as pessoas que conhece, ofereça seus serviços e não pare de procurar uma oportunidade em nenhum momento
- Aceite trabalhos temporários para reforçar o caixa e a autoestima
- Estude e se aperfeiçoe. Hoje, a internet oferece muitos cursos de graça que podem fazer a diferença para seu futuro. Aproveite que você tem mais tempo e reforce seu currículo
- Invista em outros talentos. Se você sempre pensou em mudar de área ou em ter um negócio próprio, essa pode ser uma excelente oportunidade para trocar de ramo ou se tornar um empreendedor
- Lembre-se: é apenas uma fase. Muita gente passa por ela. Você vai superar também!
Read Full Article